SEÇÃO 95

SEÇÃO 95
Revelação dada por intermédio de Joseph Smith Jr., em 6 de agosto de 1833, em Kirtland, Ohio. Nenhuma palavra sobre o ponto culminante dos problemas do Missouri ainda havia chegado aos santos em Kirtland. O conteúdo desta revelação é particularmente significativo em vista deste fato.

1a Em verdade vos digo, meus amigos: Não temais, seja consolado o vosso coração, sim, regozijem-se sempre, e em tudo dai graças, esperando com paciência no Senhor;
1b pois suas orações chegaram aos ouvidos do Senhor de Sabaoth e estão registradas com este selo e testamento:
1c o Senhor jurou e decretou que eles serão concedidos; portanto, ele vos dá esta promessa, com uma aliança imutável, de que elas serão cumpridas, e todas as coisas com as quais vocês foram afligidos cooperarão para o seu bem e para a glória do meu nome, diz o Senhor.

2a E agora, em verdade vos digo a respeito das leis da terra: É minha vontade que meu povo observe fazer todas as coisas que eu lhes ordeno, e aquela lei da terra, que é constitucional, apoiando esse princípio de a liberdade, na manutenção de direitos e privilégios, pertence a toda a humanidade e é justificável diante de mim;
2b, portanto, eu, o Senhor, justifico você e seus irmãos da minha igreja em fazer amizade com essa lei que é a lei constitucional da terra; e quanto à lei do homem, tudo o que é mais ou menos do que estes, vem do mal.
2c Eu, o Senhor Deus, vos liberto; portanto, vós sois livres; e a lei também vos liberta; no entanto, quando os ímpios governam, o povo chora;
2d portanto, homens honestos e sábios devem ser procurados, diligentemente, e homens bons e sábios devem procurar defender; caso contrário, tudo o que for menor do que estes, vem do mal.

3a E dou-vos o mandamento de que abandoneis todo o mal e vos apegueis a todo o bem, para que vivais de toda palavra que sai da boca de Deus; pois ele dará aos fiéis, linha sobre linha, preceito sobre preceito;
3b e eu vou tentar você e provar você com isso; e quem der sua vida por minha causa, por amor do meu nome, a achará novamente; mesmo a vida eterna;
3c, portanto, não tenha medo de seus inimigos; porque decretei em meu coração, diz o Senhor, que em todas as coisas vos provarei, se permanecereis em minha aliança até a morte, para que sejais achados dignos;
3d porque, se não permanecerdes na minha aliança, não sois dignos de mim; portanto, renunciem à guerra e proclamem a paz, e procurem diligentemente converter o coração dos filhos a seus pais, e o coração dos pais aos filhos.
3e E ainda, os corações dos judeus aos profetas; e os profetas aos judeus, para que eu não venha e fira toda a terra com maldição, e toda a carne se consuma diante de mim.
3f Não se turbe o vosso coração, porque na casa de meu Pai há muitas moradas, e eu vos preparei um lugar, e onde eu e meu Pai estivermos, aí também estais vós.

4a Eis que eu, o Senhor, não me agrado de muitos que estão na igreja de Kirtland, porque eles não abandonam seus pecados e seus maus caminhos, o orgulho de seu coração e sua cobiça e todas as suas coisas detestáveis e observem as palavras de sabedoria e vida eterna que lhes dei.
4b Em verdade vos digo que eu, o Senhor, os castigarei e farei tudo o que me apraz, se não se arrependerem e não observarem todas as coisas que lhes tenho dito.
4c E outra vez vos digo: Se observardes fazer tudo o que vos ordeno, eu, o Senhor, afastarei de vós toda a ira e indignação, e as portas do inferno não prevalecerão contra vós.

5a Agora vos falo a respeito de vossas famílias; se os homens ferirem vocês ou suas famílias uma vez, e vocês suportarem com paciência e não os injuriarem, nem buscarem vingança, serão recompensados, mas se vocês não suportarem com paciência, ser-vos-ão imputados uma medida justa para você.
5b E ainda, se o teu inimigo te ferir pela segunda vez, e não insultares contra o teu inimigo, e o suportares com paciência, a tua recompensa será cem vezes maior.
5c E ainda, se ele te ferir pela terceira vez, e você suportar com paciência, sua recompensa será dobrada para você quatro vezes; e estes três testemunhos estarão contra o teu inimigo, se ele não se arrepender, e não será apagado.
5d E agora, em verdade vos digo que, se esse inimigo escapar à minha vingança para que não seja levado a julgamento diante de mim, então cuidareis de que o aviseis em meu nome para que não venha mais sobre vós, nem sobre sua família, até os filhos de seus filhos até a terceira e quarta geração;
5e, se ele vier sobre ti, ou teus filhos, ou os filhos de teus filhos até a terceira e quarta geração, entreguei o teu inimigo nas tuas mãos, e então, se o poupares, serás recompensado por tua justiça; e também teus filhos e os filhos de teus filhos até a terceira e quarta geração;
5f, no entanto, o teu inimigo está nas tuas mãos, e se o recompensares segundo as suas obras, estás justificado, se ele te buscar a vida, e a tua vida é por ele posta em perigo; teu inimigo está em tuas mãos, e tu és justificado.

6a Eis que esta é a lei que dei a meu servo Néfi; e teu pai José, e Jacó, e Isaque, e Abraão, e todos os meus antigos profetas e apóstolos.
6b E também, esta é a lei que dei aos meus anciãos, para que não saíssem à batalha contra nenhuma nação, tribo, língua ou povo, a não ser eu, o Senhor, que lhes ordenei.
6c E se qualquer nação, língua ou povo proclamar guerra contra eles, eles devem primeiro erguer um estandarte de paz para esse povo, nação ou língua, e se esse povo não aceitar a oferta de paz, nem o segundo nem o pela terceira vez, eles devem trazer esses testemunhos perante o Senhor;
6d então, eu, o Senhor, lhes daria um mandamento e os justificaria em sair para a batalha contra aquela nação, língua ou povo,
6e e eu, o Senhor, lutaríamos suas batalhas, e as batalhas de seus filhos e os filhos de seus filhos, até que eles se vingassem de todos os seus inimigos, até a terceira e quarta geração;
6f eis que isto é um exemplo para todos os povos, diz o Senhor teu Deus, para justificação diante de mim.

7a E também, em verdade vos digo: Se, depois que o teu inimigo tiver vindo sobre ti pela primeira vez, ele se arrepender e vier a ti pedindo teu perdão, tu o perdoarás e não o usarás mais como testemunho contra o teu inimigo,
7b e assim sucessivamente até a segunda e a terceira vez, e sempre que o teu inimigo se arrepender da transgressão que cometeu contra ti, tu o perdoarás até setenta vezes sete;
7c e se ele transgredir contra ti e não se arrepender da primeira vez, mesmo assim tu o perdoarás; e se ele pecar contra ti pela segunda vez, e não se arrepender, mesmo assim tu o perdoarás; e se ele pecar contra ti pela terceira vez e não se arrepender, tu também o perdoarás;
7d mas, se ele pecar contra ti pela quarta vez, não lhe perdoarás, mas apresentará estes testemunhos perante o Senhor, e eles não serão apagados até que ele se arrependa e te recompense quatro vezes mais em todas as coisas com que ele transgrediu contra ti;
7e se ele fizer isso, tu o perdoarás de todo o teu coração, e se ele não fizer isso, eu, o Senhor, te vingarei do teu inimigo cem vezes mais; e sobre seus filhos, e sobre os filhos de seus filhos, de todos os que me odeiam, até a terceira e quarta geração;
7f mas se os filhos se arrependerem, ou os filhos dos filhos, e se converterem ao Senhor seu Deus de todo o seu coração, e com toda a sua força, mente e força, e repararem quatro vezes mais por todas as suas ofensas com que transgrediram ou com que seus pais transgrediram ou os pais de seus pais,
7g então a tua indignação será afastada, e a vingança não virá mais sobre eles, diz o Senhor teu Deus, e as suas ofensas nunca mais serão trazidas como testemunho contra eles perante o Senhor. Um homem.

Biblioteca das Escrituras:

Dica de pesquisa

Digite uma única palavra ou use aspas para pesquisar uma frase inteira (por exemplo, "porque Deus amou o mundo de tal maneira").

The Remnant Church Headquarters in Historic District Independence, MO. Church Seal 1830 Joseph Smith - Church History - Zionic Endeavors - Center Place

Para recursos adicionais, visite nosso Recursos para membros página.